Diálogos reveladores, I

Outro dia, em uma livraria, vi clássicos da literatura miniaturizados, e comentei:
&#8212 Nossa, eu adoraria ter esses livros 20 anos atrás! Iam me poupar o trabalho de fazer os livros das bibliotecas das minhas bonecas.
&#8212 Ué, mas nos brinquedos das meninas não têm livros?
&#8212 Não… até quando a boneca tinha o tema “escolinha”, ela não tinha livros. Só caderno pra copiar a matéria…

Anúncios

4 pensamentos sobre “Diálogos reveladores, I

  1. Eu também fazia os livros de minha boneca…E lápis feito com palito de dente pintado, e bloco pra ela escrever…

  2. nossa, dava um trabalho fazer os caderninhos… o engraçado é que eu tinha lápis tamanho mini, mas não lembro quem presenteou. Pelo menos lá em casa a gente tinha incentivo pra criar o conteúdo dos livros e cadernos…

  3. Droga!Quando eu era moleque eu nunca pensei nisso, num biblioteca para os meus bonecos, então executivos e intelectuais, nada de Jaspion ou Batman.
    Pensando bem, tendo como foco este capricho a mais, o da biblioteca, eu nem fui uma criança tão prodígio assim…rs

    até.

  4. Clóvis, só de você ter bonecos executivos e intelectuais já é um progresso! A maioria dos meninos nem isso tem, parece até que basta ser homem pra ter sucesso, nem precisa estudar…

Os comentários estão desativados.