Memórias da transgressão

Padrão

Gloria Steinem reuniu vários artigos e reportagens escritos ao longo da carreira em um livro chamado “Memórias da Transgressão”. Agora a Feminista disponibilizou o livro pra download.

Adoro o livro todo, mas tem alguns artigos que se destacam mais. Um deles é sobre mutilação genital. Outro explica porque as jovens são mais conservadoras. Um perfil de Linda Lovelace mostra o quanto as mulheres são exploradas na indústria do cinema pornô. O artigo sobre o erótico vs. o pornográfico é ótimo pra esclarecer quem supõe que feministas não gostam de sexo.

Há, ainda, o “Eu fui coelhinha da playboy“, que é um contraponto excelente ao “Girls of the playboy mansion“. Ele mostra o lado menos glamuroso do império do entretenimento masculino: exploração trabalhista de garçonetes, roupas, sapatos e posturas artificiais que machucavam as moças, problemas com alvarás, informação enganosa… quem acha o “reality show” fantástico e/ou quer ser coelhinha vai pensar duas vezes depois de se atrever a ler o artigo…

Anúncios

  1. Adorei a dica!!!!! E você tinha toda razão a respeito dos livros da Simone de Beauvoir 😉 Mas eu não desisti ainda. Só vai levar bem mais tempo que eu pensei a princípio. Posso te linkar? Abraços.

  2. no brasil também temos casos de exploração da figura feminina, v. o caso das bailarinas de axé de bandas famosas.
    😦

  3. aaaah, eu vim comentar sobre outra coisa, mas me empolguei com o tema do poste.

    o que vim dizer é: não tinha visto o tangram por esse lado do desafio… é uma idéia ótima!!