Links – leituras interessantes

Passei o último mês imersa nos trabalhos finais da faculdade. Estou exausta, mas também estou bastante feliz, e não vou reclamar da correria: ter voltado pra faculdade foi certamente a melhor decisão dos últimos anos. Agora estou lentamente colocando em dia a leitura de blogs. Esta é uma lista inicial do que li e acho que vale a pena compartilhar:

  • Marjorie Rodrigues fez uma análise sobre o Facebook e sua capacidade de deprimir pessoas
  • Idelber Avelar avisa: lançado o movimento Fora Lacerda em Belo Horizonte. Pra quem não conhece a história do prefeito Márcio Lacerda (PSB, apoiado por tucanos e petistas) cerceando liberdade em praças públicas, entre outros horrores também descritos no artigo do Idelber, é bom dar uma olhada na Praia da Estação
  • Bruna Provazi fez um relato muito interessante sobre o trabalho que apresentou no mestrado analisando gênero, público e privado. Ela foi além do artigo indicado para a apresentação, relacionando-o não só com política e teoria feministas, mas também com o curso e com a dinâmica das relações em sala de aula
  • Srta. Bia Cardoso e Lola Aronovich escreveram sobre a 2ª Semana de Gênero e Direito da UNB. Os posts estão fantásticos, e recheados de links. Vale muito a pena ler com calma, até porque é raro encontrar material tão bom e tão atual sobre direito e gênero
  • Túlio Vianna escreveu um artigo sobre o crime de apologia, explicando como a doutrina jurídica define sua caracterização e mostrando que o crime de apologia é na verdade instrumento de censura. Leitura obrigatória não só para entender a discussão sobre Marchas da Maconha e da Liberdade, mas para zelar pelo direito de manifestação de pensamento
  • Camila Magalhães também escreveu sobre apologia ao crime, focada na questão da coerência no discurso. Afinal, se a pessoa repudia a alegação de apologia ao crime para impedir a Marcha da Maconha, é incoerente querer que a mesma apologia ao crime seja usada (erroneamente) para punir as besteiras sobre estupro ditas por Rafinha Bastos. Isso não quer dizer que estamos defendendo as palavras de Rafinha (até porque é impossível concordar com as besteiras que ele falou), mas apenas que alguns dos discursos usados pra criticá-lo são inadequados e incoerentes
  • Momento ego: estou publicando no Blogueiras Feministas uma série de artigos sobre como as mentiras sobre feminismo interferem na minha vida. Por enquanto, já publiquei sobre o mito de que feminista quer dominar os homens e sobre o mito de que feminista não tem vida pessoal.
Anúncios

Um pensamento sobre “Links – leituras interessantes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s