Começa hoje a 3ª Conferência Nacional de Políticas para Mulheres

Entre os dias 12 e 15 de dezembro acontece em Brasília a 3ª Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres. As Conferências anteriores ocorreram em 2004 e 2007.

A 3ª Conferência foi convocada por Decreto Presidencial de 15 de março de 2011 para analisar a realidade nacional e desafios para a construção da igualdade de gênero, bem como avaliar e aprimorar as ações e políticas que integraram o II Plano Nacional de Políticas para as Mulheres e definição de prioridades.

No Regimento da Conferência [PDF] o temário é mais específico, e está de acordo com as diretrizes políticas do governo Dilma Rousseff:

art. 6º, I -­ análise da realidade brasileira: social, econômica, política, cultural e os desafios para a construção da igualdade de gênero, na perspectiva do fortalecimento da autonomia econômica, social, cultural e política das mulheres, e que contribuam para a erradicação da pobreza extrema e exercício pleno da cidadania pelas mulheres brasileiras;

II – definição de prioridade de políticas para o próximo período, tendo como base a avaliação, atualização e aprimoramento das ações e políticas propostas no II Plano Nacional de Políticas para as Mulheres, sua execução e impactos.

A Conferência Nacional foi precedida por conferências municipais, regionais e estaduais, realizadas ao longo de 2011. Elas resultaram em diversas análises e propostas em relação a políticas públicas para estimular a igualdade de gênero, que se encaixam nas diretrizes do Regimento, e podem ser resumidas na reivindicação por autonomia para as mulheres, especialmente nos planos econômico, pessoal, cultural e político.

Nas conferências estaduais foram eleitas delegadas (2306 delegadas em todo o Brasil, sendo que 60% delas são representantes da sociedade civil, 30% representam governos municipais e 10%, governos estaduais) para participar da Conferência Nacional juntamente com as demais delegadas: as integrantes do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher e as representantes de Ministérios, Secretarias, órgãos e instituições do Governo Federal.

Ao todo são 2781 delegadas, além de 200 observadoras convidadas, que nos próximos dias irão discutir (e há muito a ser discutido) e elaborar as políticas públicas para mulheres que serão implementadas nos próximos anos. Portanto, a Conferência é evento fundamental para garantir os direitos já conquistados pelas mulheres e discutir meios para ampliar esse direitos de forma a diminuir a desigualdade de gênero.

As blogueiras feministas fomos convidadas pela SPM para acompanhar a 3ª Conferência. Eu sou uma das blogueiras que fará esse acompanhamento: nos próximos dias farei minhas observações sobre a Conferência não só aqui no blog e no meu twitter, mas também como parte da equipe que fará a atualização do blog e das redes sociais do Blogueiras Feministas. No twitter, nos acompanhem pela hashtag #3ConfMulheres.

A programação da Conferência está disponível em duas versões: html ou PDF.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s