Um dia triste para os direitos humanos no Brasil

Padrão

angeli direitos humanos

Hoje o pastor Marcos Feliciano (PSC-SP) foi eleito para presidir a Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados. Ele é um notório representante anti-direitos humanos e desrespeita o Estado laico.

Neste link tem a lista de proposições do deputado. Tem aberrações do tipo pretender sustar decisões do STF (sobre antecipação terapêutica de parto de anencéfalos e reconhecimento como entidade familiar a união entre pessoas do mesmo sexo), além de sugerir castração química para estupradores e defender internação compulsória de usuários de bebidas alcoólicas e drogas.

Um de seus projetos é para que todas as notas emitidas pela Casa da Moeda tragam a inscrição “Deus seja louvado”. O inteiro teor desse projeto é um festival de ignorância sobre democracia e Estado laico, e ainda uma coletânea de intolerância e desrespeito com as divindades alheias.

O deputado só defende liberdade religiosa de alguns grupos. Propôs um projeto para que igrejas não paguem direitos autorais ao Ecad, mas nega liberdade religiosa ao pretender punir administrativa e criminalmente o sacrifício de animais em cultos religiosos.

Basta uma busca no google/youtube/facebook para encontrar diversos comentários racistas e homofóbicos do deputado. Leia aqui um resumo desses comentários.

O que assusta é que essa pessoa que não respeita minorias irá presidir uma comissão sobre direitos humanos e minorias.

Hoje é dia de luto pelo que a Comissão de Direitos Humanos se tornou. Mas é também dia de luta. Lutemos pelo Estado laico. Lutemos para combater todo tipo de discriminação. Lutemos para que direitos humanos sejam direitos para todas as pessoas, e não só para as pessoas que o novo presidente da Comissão achar que merecem. A luta continua.

Anúncios

»

  1. Excelente, Cynthia. Um resumão dos absurdos perpetrados por este senhor. (Só uma coisa: o link para a lista de proposições está errado, vem com o endereço do blogue na frente…)
    Bjs

  2. Pingback: Estado laico para garantir direitos humanos

  3. Pingback: Retrospectiva da jornada de lutas pelos Direitos Humanos no Congresso Nacional

  4. Pingback: Estado laico para garantir direitos humanos | Cynthia Semíramis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s