Arquivo da categoria: links interessantes

Links sobre violência contra mulheres

Padrão

O final de novembro é tradicionalmente a época de eventos sobre violência contra mulheres. Não só porque é final de ano e as organizações fazem um balanço sobre a atuação durante o ano, mas porque tem duas datas importantes: 25 de novembro é o dia Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres, e é o dá partida para a Campanha 16 Dias de Ativismo pelo fim da Violência contra as Mulheres (de 25 de novembro a 10 de dezembro, englobando diversas datas de defesa dos direitos humanos). Impossível, portanto, não falar de violência contra mulheres nesta época.

Acompanhei nos últimos dois dias o “VI Seminário da Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica Contra a Mulher em Minas Gerais”. Foi muito interessante, aprendi bastante, mas ao mesmo tempo me deprimi ao ver as dificuldades que são enfrentadas diariamente pel@s profissionais que trabalham para auxiliar as vidas das mulheres vítimas de violência. Nota-se que, por mais que se esforcem, os obstáculos que se impõem acabam caracterizando o feminicídio, pois a estrutura burocrática foi feita – e é utilizada ainda – para punir as mulheres por terem denunciado os agressores.

Vou fazer nos próximos dias um post detalhado sobre o Seminário. Enquanto isso, fiquem com alguns links de artigos que informam melhor sobre a violência contra mulheres:

Links interessantes – pela legalização do aborto

Padrão

Dia 28 de setembro é o Dia de Luta pela Descriminalização do Aborto na América Latina e Caribe. Não vou fazer post neste ano, mas vou fazer aqui uma lista dos meus posts antigos e outros links de interesse:

Detalhe do meu cartaz na Marcha pelo Estado Laico em BH: Basta de rosários em nossos ovários!

Acompanhem também o twitter da FeministaBR e a blogagem coletiva no blogueiras feministas.

Links interessantes: Estado Laico

Padrão

Na semana em que teremos Marcha pelo Estado Laico em Belo Horizonte, acho interessante divulgar alguns artigos sobre a importância da laicidade do Estado:

  • Artigo da professora Marlise Matos, do Departamento de Ciência Política da UFMG: Entre a opressão da Tradição, da Igreja e do Estado, onde está liberdade das mulheres?
  • Carta Aberta do Nuh – Núcleo de direitos humanos e cidadania LGBT da UFMG: Estado Laico e Liberdades Democráticas em Pauta
  • Artigo do professor Túlio Vianna, da Faculdade de Direito da UFMG: A religião contra o Estado, criticando a bancada teocrática e defendendo a efetivação do Estado laico como condição necessária para haver democracia
  • E pra quem acha que não há motivo para desejar um Estado laico porque “todas” as religiões são monoteístas e o cristianismo impera, dois artigos pra mudar de ideia. Em Efetivar o Estado laico, Túlio Vianna explica as diferenças entre as diversas denominações cristãs e em Trazendo de volta os deuses gregos Mary Lefkowitz defende o politeísmo, apontando suas vantagens em relação ao monoteísmo, em especial o respeito à diversidade e ao multiculturalismo.

Links interessantes – combatendo homofobia e machismo

Padrão
  • Em São Paulo, aprovaram a excrescência chamada Dia do Orgulho Hétero. Vale lembrar do meu post de 2007 O patético orgulho hétero e da campanha do movimento Panteras Rosa contra o orgulho hétero de uma cervejaria portuguesa
  • Artigo da Rebecca Watson criticando um comentário machista de Richard Dawkins e contando como ela se tornou feminista devido ao machismo de grupos ateístas
  • O blog sobre sexo mais interessante dos últimos anos era o Cem homens em um ano. Letícia contava suas experiências, questionava padrões, denunciava preconceitos, sempre de forma leve, sem ofender ninguém. Infelizmente, ela acabou fechando o blog. Dois posts sobre o machismo merecem leitura e reflexão: Dia de cão, sobre o dia em que seu blog passou de 4mil para 24mil visitas, atraindo toda sorte de comentaristas, inclusive os que geraram o post Não é mais fácil, no qual explica porque para mulheres não é tão fácil assim fazer sexo casual. E foi assim que o moralismo acabou com um blog excelente… Atualização: a Bia avisa nos comentários que a Letícia voltou com o blog, embora tenha alterado a política editorial.
  • Srta. Bia escreveu um excelente post sobre futebol feminino, falta de investimento e machismo
  • Sobre mulheres e aparência, dois posts que se complementam: Lola falando do admirável mundo plastificado e Tina Lopes falando sobre a garota da capa. Enquanto isso, só consigo admirar a Stephanie de Mônaco aos 46 anos, riquíssima, podendo fazer qualquer extravagância estética e optando por viver (e continuar bonita) sem botox.
  • Debora Diniz falando sobre Bolsonaro, o novo garoto propaganda da Du Loren: a Duloren o ajudará a se manter como o deputado federal censor da sexualidade
  • Leonardo Sakamoto analisa os resultados de uma pesquisa que afirma que a maioria da população é contra a união gay. E daí?
  • Eu gostaria muito de recomendar alguns posts do Blogueiras Feministas. Mas os posts estão tão bons que não me sinto à vontade pra recomendar um só. É melhor ler o blog todo 🙂

Links – leituras interessantes

Padrão

Passei o último mês imersa nos trabalhos finais da faculdade. Estou exausta, mas também estou bastante feliz, e não vou reclamar da correria: ter voltado pra faculdade foi certamente a melhor decisão dos últimos anos. Agora estou lentamente colocando em dia a leitura de blogs. Esta é uma lista inicial do que li e acho que vale a pena compartilhar:

  • Marjorie Rodrigues fez uma análise sobre o Facebook e sua capacidade de deprimir pessoas
  • Idelber Avelar avisa: lançado o movimento Fora Lacerda em Belo Horizonte. Pra quem não conhece a história do prefeito Márcio Lacerda (PSB, apoiado por tucanos e petistas) cerceando liberdade em praças públicas, entre outros horrores também descritos no artigo do Idelber, é bom dar uma olhada na Praia da Estação
  • Bruna Provazi fez um relato muito interessante sobre o trabalho que apresentou no mestrado analisando gênero, público e privado. Ela foi além do artigo indicado para a apresentação, relacionando-o não só com política e teoria feministas, mas também com o curso e com a dinâmica das relações em sala de aula
  • Srta. Bia Cardoso e Lola Aronovich escreveram sobre a 2ª Semana de Gênero e Direito da UNB. Os posts estão fantásticos, e recheados de links. Vale muito a pena ler com calma, até porque é raro encontrar material tão bom e tão atual sobre direito e gênero
  • Túlio Vianna escreveu um artigo sobre o crime de apologia, explicando como a doutrina jurídica define sua caracterização e mostrando que o crime de apologia é na verdade instrumento de censura. Leitura obrigatória não só para entender a discussão sobre Marchas da Maconha e da Liberdade, mas para zelar pelo direito de manifestação de pensamento
  • Camila Magalhães também escreveu sobre apologia ao crime, focada na questão da coerência no discurso. Afinal, se a pessoa repudia a alegação de apologia ao crime para impedir a Marcha da Maconha, é incoerente querer que a mesma apologia ao crime seja usada (erroneamente) para punir as besteiras sobre estupro ditas por Rafinha Bastos. Isso não quer dizer que estamos defendendo as palavras de Rafinha (até porque é impossível concordar com as besteiras que ele falou), mas apenas que alguns dos discursos usados pra criticá-lo são inadequados e incoerentes
  • Momento ego: estou publicando no Blogueiras Feministas uma série de artigos sobre como as mentiras sobre feminismo interferem na minha vida. Por enquanto, já publiquei sobre o mito de que feminista quer dominar os homens e sobre o mito de que feminista não tem vida pessoal.